Vacina contra Covid-19 causa impotência em homens

Muitas informações têm circulado nas redes a respeito do Coronavírus e a pandemia decorrente da infecção viral, entretanto é necessário analisar com cautela as informações que trazem novos dados ou descobertas sobre o assunto. Isto porque há atualmente uma forte corrente negacionista que a todo tempo tenta inculcar nas pessoas que a pandemia não é real e se trata de uma manipulação política para desestabilizar a economia do país. Temos assistido diariamente médicos, ministros, políticos e até o presidente minimizarem a gravidade da doença.

Contudo, não só negam a gravidade do assunto como disseminam notícias falsas de cura, ou ainda desabonam a eficácia e a importância de métodos comprovadamente eficientes no combate a COVID-19 como a vacinação, o uso de máscara e o isolamento social. Recentemente o site jornalístico G1 publicou uma nota desmentido uma Fake News veiculada através da cantora Nicki Minaj no Twitter que afirmava que a vacina causa impotência em homens. Com este tipo de notícia, as pessoas que não tem a preocupação em checar os fatos, ou mesmo aquelas que endossam o discurso negacionista, se sentem respaldadas para negar a vacinação.

Cabe ressaltar que a vacinação é um pacto de saúde coletiva e seu efeito só pode ser sentido de forma robusta quando a população alcançar 70% de cobertura vacinal contra o novo coronavírus. No link a seguir: https://g1.globo.com/fato-ou-fake/coronavirus/noticia/2021/09/17/e-fake-que-vacina-contra-covid-19-causa-impotencia-em-homens.ghtml é possível conhecer os fatos verdadeiramente checados e concluir que a notícia divulgada não é verdadeira, sendo atestada por diferentes médicos e pesquisadores da área da saúde. Ainda sobre este assunto o jornal O globo também noticiou o assunto elucidando seus leitores sobre a FakeNews e orientando sobre a importância da vacinação para o combate da pandemia, de acordo com profissionais qualificados para opinar sobre este assunto.

Diante dos fatos supracitados é importante inferir que as este tipo de notícia sensacionalista é escrita e publicada com a intenção de enganar, este conteúdo visa obter algum lucro ou benefício a um determinado grupo que precisa ser investigado e responsabilizado por colocar a vida das pessoas em risco através de suas publicações enganosas. Há pessoas que não tem condição de verificar os fatos enganosos, ou por crença pessoal, ou questões ligadas a sua condição emocional são facilmente ludibriadas pelo discurso negacionista e isto culmina no prejuízo de toda a sociedade. Checar os fatos, ter uma visão crítica sobre o assunto, buscar diferentes fontes, verificar a confiabilidade das fontes disponíveis são ações que se pode utilizar no enfrentamento as mentiras propagadas nas redes sociais e que podem causar vítimas e danos bastante sérios como a promessa de cura com a fake news de remédio Israelense e a negação da eficácia da vacina.